• @solangepalma

Caminhar prolonga a vida

Bem estar físico e mental pode ser alcançado mesmo sem a prática de atividades complexas ou demoradas. Pense em apenas 20 minutos do seu dia. Caminhar diariamente pode se tornar um habito tão natural como beber água e é uma atividade que pode ser praticada a qualquer hora, em qualquer lugar e com qualquer roupa e um par de tênis confortável.

Além de fazer bem para as articulações, é um bom estímulo para o fluxo sanguíneo e também pode reduzir o risco de morte prematura.

Como falo muito em envelhecer com qualidade, não poderia deixar de aconselhar a pratica de pelo menos 20 minutos de caminhada diária para quem não tem tempo ou não pode realizar outra atividade.

Veja alguns benefícios

1 – Combate a demência As últimas pesquisas sobre os efeitos de caminhar vêm de uma equipe de investigadores da Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá, que descobriu um vínculo entre a função cerebral cognitiva e o exercício de baixa intensidade em pessoas que sofrem algum tipo de demência.

A investigação analisou 38 adultos que sofrem de comprometimento cognitivo vascular – uma causa de demência – e foram instruídos durante seis meses. Os resultados revelaram que aqueles que faziam passeios com regularidade, num total de 3 horas diárias, registaram melhores níveis de função cerebral.

2 – Reduz a probabilidade de morrer de cancro Dois estudos recentes da Universidade de Tecnologia Queensland (Austrália) e da Universidade de Harvard (EUA), apresentados em Chicago, na conferência da Sociedade Americana de Clínica Oncológica, sugerem que caminhar pode ser anticancerígeno: O primeiro estudo

analisou mulheres que tinham cancro da mama e, ao caminhar três horas por semana, a probabilidade de morrer da doença reduziu para metade; o segundo estudo apurou consequências semelhantes em doentes com cancro no intestino.

3 – Melhora as funções cardíacas O leque de benefícios cardíacos é vasto e a maioria está associada ao efeito que caminhar tem no bombardeamento do sangue sem causar demasiada pressão no sistema cardiovascular.

Uma metanálise de vários estudos realizados entre 1970 e 2007 descobriu que caminhar regularmente reduz a probabilidade de desenvolver problemas cardíacos até 31%. Segundo a Stroke Association, um passeio diário de 30 minutos diminui o risco de AVC até 27%.

4 – Melhora o humor Jeff Miller e Zlatan Krizan, da Universidade Estadual de Iowa, nos EUA, realizaram três experiências que indicaram que caminhar tem efeitos positivos a nível do humor. Numa das experiências, os participantes foram convidados a visitar um campus universitário a pé ou através de um vídeo. Alguns participantes receberam a indicação que no final da visita teriam de relatar os níveis de felicidade que sentiram nos vários momentos da experiência.

Os resultados revelaram que o humor oscilou nos participantes que observaram o vídeo e manteve-se estável nos que fizeram a visita a pé. Neste último grupo os níveis de felicidade aumentaram no final na visita.

5 – Aumenta a vitamina D Deixar a passadeira do ginásio e optar por caminhadas ao ar livre traz mais um benefício: A exposição aos raios de sol fará com que o corpo absorva a vitamina D – o que irá melhorar a saúde dos ossos, dentes e músculos.

#Lifestyle #blogsolangepalma #40 #fitamphealth #saude

© Site desenvolvido por Beatriz Bazani